Mais gravataenses capacitados para o mercado de laticínios


O interventor do município participou do encerramento do curso de queijos e derivados do leite

O Centro de Formação Profissionalizante de Gravatá, no Agreste, concluiu mais uma formação oferecida à população gravataense. Chegou ao fim, nesta sexta-feira (1º) de abril, o curso de Queijos e derivados do leite, uma parceria entre a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Assistência Social, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

O Interventor do município, Mário Cavalcanti, esteve no encerramento da capacitação, que aconteceu no Centro de Formação Profissionalizante de Gravatá, localizado no mesmo prédio do CAIC, no Bairro Novo. Na ocasião, ele esteve acompanhado pelo Secretário de Governo, Comunicação e Imprensa, Arthur Cunha, e pela Secretária de Assistência Social, Laurisabel Pinheiro.

“É com grande satisfação que estamos aqui para acompanhar a conclusão de um curso que irá contribuir diretamente na vida de todos vocês. Aproveitem a oportunidade e o conhecimento que aprenderam para começar a vender seus produtos e, quem sabe, abrir uma pequena empresa dentro de casa mesmo. O nosso objetivo aqui é oferecer mais cursos para capacitar mais pessoas e melhorar a vida de todos”, destacou o Cavalcanti.

“Iniciar a produção de alimentos em casa e comercializar os produtos é, sem dúvida, uma possibilidade de sair do Programa Bolsa Família podendo gerar a sua própria renda. Além disso, é um curso que serve para cuidar da família porque, os que participam, eles aprendem noções de segurança alimentar”, destacou a Laurisabel.

Para a aluna, Maria Helena Cardoso, de 51 anos, moradora do Bairro Novo, o curso foi o ponto de partida para negociar com laticínios. “Eu aprendi a fabricar diversos tipos de queijos e outros produtos do leite. Hoje não quero parar por aqui. Pretendo iniciar a produção de doce de leite e iogurte para vender”, avisou.

Josivaldo Ricardo do Nascimento, de 29 anos, o único aluno entre as mulheres, aproveitou a oportunidade do curso e falou que, também, pretende trabalhar na produção de alimentos derivados do leite. “Quando soube do curso, corri para me inscrever porque tenho interesse em trabalhar na produção de alimentos e esta foi uma grande oportunidade. Como estou desempregado, com o conhecimento que adquiri, poderei iniciar a produção para contribuir diretamente na renda de minha família”, avaliou.

Durante o curso, os alunos receberam todo o material para a produção, além de apostilas com todas as dicas e receitas. Entre os alimentos produzidos estão: coalho, processado (tipo Polenguinho), mussarela, ricota, requeijão e queijos com fungos e condimentados. Eles também produziram doce de leite cremoso e ambrósia, coalhada, achocolatado, iogurte natural e com sabor e manteiga.

A capacitação foi destinada para dez beneficiários do Programa Bolsa Família – do Governo Federal. Agora, eles terão a oportunidade de produzir e comercializados os alimentos e, assim, aumentar a renda familiar.

Fotos: Marcone Barros

Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

bravo bravo
0
bravo
confuso confuso
0
confuso
falhou falhou
0
falhou
divertido divertido
0
divertido
nerd nerd
0
nerd
amei amei
0
amei
aff aff
0
aff
top top
0
top
hate hate
0
hate
lol lol
0
lol
gravatahoje

0 Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: