Secretaria Municipal de Saúde e Fundação Altino Ventura são parceiros na luta contra a catarata


Pacientes passarão por triagem de 25 a 29 deste mês, no Centro de Saúde de Gravatá

Uma parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Saúde e a Fundação Altino Ventura (FAV) irá garantir aos gravataenses a realização de uma triagem na luta contra a catarata – doença responsável por deixar o cristalino ocular do paciente opaco e, por isso, sem visão. Os exames serão realizados de 25 a 29 deste mês, no Centro de Saúde de Gravatá, localizado na Rua Dr. Regis Velho.

A iniciativa foi uma solicitação da Secretaria Municipal de Saúde que, em 18 de março, encaminhou um ofício para a FAV solicitando a parceria. O objetivo é detectar os pacientes que possuem a doença e necessitam do procedimento cirúrgico que, posteriormente, será realizado. As pessoas que apresentem problemas de saúde ocular deverão, portanto, procurar a Unidade de Saúde da Família, local onde está cadastrado para obter as informações e orientações necessárias.

O atendimento será pela manhã, das 7h às 12h, e das 13h ás 17h. Serão atendidas 500 pessoas.Por dia, 100 atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira. Após a triagem, os pacientes diagnosticados para cirurgias deverão realizar, imediatamente, os exames de sangue e parecer cardiológico para que estejam aptos para o procedimento.

Na segunda etapa do projeto, de 26 a 30 de julho, a unidade móvel da FAV irá realizar as cirurgias em Gravatá, em frente ao Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa, no bairro Nossa Senhora das Graças.

CIRURGIA DE CATARATA: –  Também conhecida como facectomia, é a remoção do cristalino do olho que tornou-se opaco. O cristalino é uma lente transparente existente nos olhos. Com o passar dos anos, e devido as variações metabólicas das fibras do cristalino induzidas, principalmente, pela radiação ultravioleta, essa lente natural perde a transparência ficando opaca, amarelada.

A perda de transparência do cristalino causa diminuição da acuidade visual. Durante a cirurgia, a lente natural é removida e substituída por uma lente sintética, chamada lente intraocular, responsável pela recuperação da transparência. A cirurgia é feita sob anestesia local e o paciente não precisa dormir no hospital (internação de curta permanência ou internação-dia).

Fotos: Ednaldo Lourenço / Divulgação

Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

bravo bravo
0
bravo
confuso confuso
0
confuso
falhou falhou
0
falhou
divertido divertido
0
divertido
nerd nerd
0
nerd
amei amei
0
amei
aff aff
0
aff
top top
0
top
hate hate
0
hate
lol lol
0
lol
gravatahoje

0 Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: