03

Não adianta chorar.
Sua raiva não faz sentido
e sua indignação é apenas mais uma
entre as pedras da imposição.
Sinta vir vindo no vento a mudança.

Hei!
Megalomaníaco,demita-se.
Saia do poder.
Você não é Elvis.
Você não é Deus.

A tempestade é o elemento de muitos
com um poder de fogo inaceitável e danoso,
como as bravatas do facebook
que não ajudam a cidade a crescer.
Natural que seja assim.

Foi deflagrado o fim da picada.
Ninguém se mova.
Deixem o futuro chegar.
Guardem seus conceitos.
Cada pessoa é um prefeito em potencial.

Não interessa o lado do disco,
Gravatá é mais importante.
Certifique-se do bem comum.
Não confie nos interesses pessoais
dos últimos tempos políticos,
para manter imparcialidade e mente tranquila
no tocante as cobranças que,
como cidadãos, possamos fazer.
Não se venda.

Voto é coisa séria.
Muitos famintos e devoradores,
vão abraçar,sorrir,conversar,
desconversar,prometer,mentir…
para passar o rodo geral.
É de praxe.

Minha esposa costuma votar
em alguém que ajude a sua área profissional.
Eu sempre pergunto: E o restante da população?
Interesse próprio é problema.

Nosso umbigo tem que deixar de ser prioridade
em meio ao clamor do povo
que só deve e só paga
pelos descasos contra o mesmo.
Dois mil e dezesseis se aproxima.

Já diria Xuxa:-De hoje em diante só quero boas notícias.
Respondo igual a José Alexandre de Azevedo,
um amigo meu:-Como? Chovendo.
(Manter-se sóbrio é vital)
Rimos,mas sabemos que é triste.

Será que essa minha retórica,terá
que se ouvir por mais zil anos,
enquanto os homens exercem seus podres poderes?
Se continuarmos sendo bossais,sim.

Comentários no Facebook