Bem que se esperou por ele… Era grande a expectativa criada em torno da entrevista do Secretário Estadual de Transportes Sebastião Oliveira, anunciada no decorrer da semana, pelo radialista Jota Silva, da Rádio Gravatá FM (92,3 MHz).

Entre os vários fatores que alimentaram o interesse da população pela entrevista, está a polêmica da cobrança de pedágio, que será implantada na BR-232. Logo quando assumiu a Secretaria de Transportes esse foi o primeiro assunto abordado e defendido por Sebastião.

A respeito de Gravatá, a população ainda tem uma certa curiosidade em saber, por qual motivo, a relação política entre Bruno Martiniano e Sebastião Oliveira chegou ao fim. Sebastião nunca se preocupou em esclarecer isso para os eleitores gravataenses.

A população de Chã Grande, Zona da Mata, também estava ansiosa para ouvir as palavras do Secretário de Transportes. Todos esperam uma explicação, por parte de Sebastião Oliveira, que mesmo diante de um pedido da prefeitura, para que as lombadas da PE-71 fossem removidas, em virtude de tantos acidentes, o DER-PE, órgão subalterno à Secretaria de Transportes de Pernambuco, permanece de costas para o município.

Já era de se esperar que Sebastião Oliveira não fosse comparecer à entrevista. Durante a semana o debate sobre as lombadas da PE-71 esquentou.  Implantadas nos quilômetros 02 e 05 da rodovia estadual que liga Chã Grande à BR-232, as mesmas só servem para garantir o bem-estar de ricos, que possuem propriedades em condomínios direta e unicamente beneficiados. A ausência do Secretário foi justificada por causa da “agenda do Governador”…

O mais interessante de toda essa história, é que soube-se, através do Vereador Fernando Resende, fiel escudeiro de Sebastião, que as tais lombadas era fruto de um abaixo-assinado com mil assinaturas solicitando as mesmas. Estória pra boi dormir! Ou talvez, mil riquinhos tenham pedido a implantação das lombadas. Enquanto isso, mais de 20 mil changrandenses clamam pela retirada desses quebra-molas desnecessários que só oferecem riscos para quem transita na PE-71.

Mas falando sobre a entrevista de Sebastião Oliveira, é mais fácil ele aparecer próximo ano, já  que em 2016 tem eleição. E para quem mora em Chã Grande, é bom ir se acostumando com a estagnação do DER-PE. Já percebe-se que este órgão tem feito “vista grossa” para os pedidos do povo de Chã Grande.

Perguntar não ofende: Será que as lombadas ainda não foram removidas porque o gestor de  Chã Grande, Daniel Alves, não apoiou a candidatura de Sebastião para Deputado Federal?

COMPARTILHAR
Artigo anteriorÉ assim?
Próximo artigoVocê acredita?

Comentários no Facebook