1480716_696665603795037_2757292801823927807_n

Por Ismael Alves

As eleições de 2016 já é o assunto mais comentado nas praças, nas redes sociais e nos grupos do whatsapp. Muita gente já começa a se manifestar, expondo a preferência por possíveis candidatos ao Poder Executivo. Isso acontece em cenário nacional. Mas há também, uma movimentação que gira em torno da disputa pelo Poder Legislativo nos municípios. Em Chã Grande, Zona da Mata, a situação não é diferente.

Vários nomes circulam como possíveis postulantes ao cargo de vereador na pequena cidade serrana. Um deles é o Secretário Municipal de Governo e Planejamento, Cleiton Pereira. Encabeçando a presidência do PSD em Chã Grande, até aqui Cleiton não declarou sua intenção, mas também nunca negou. A possibilidade de uma candidatura do Secretário se fortalece na medida em que o mesmo se mobiliza na troca de partido. Há quem acredite que a articulação visa uma sigla mais confortável para a disputa.

Outro provável candidato ao cargo de vereador é o jovem Joaquim Paulino, popularmente conhecido como “Quinquinha”. Em outro momento, em conversa com o editor deste blog, Quinquinha já chegou a admitir a possibilidade de entrar na disputa, mas  precisaria de mais tempo para pensar nesse projeto.

Eliseu Alves, atual Diretor de Estradas e Rodagens de Chã Grande, também tem seu nome circulando na praça. O caso dele é parecido com o de Cleiton Pereira. Embora não tenha declarado sua intenção, há quem aposte que Eliseu Alves visa uma vaga no Legislativo changrandense. Comenta-se também na candidatura de Marinho, ex-conselheiro tutelar. No sítio Malhadinha Lucas Abreu, filho do empresário Fernando Abreu, ressurge como uma liderança da região. O jovem já sinalizou que também disputará uma vaga na Câmara.

Alguns nomes que já passaram pela Casa Paulo Viana de Queiroz mostram interesse em entrar na disputa outra vez. É o caso do Professor Givaldo, Elsinho, Galego de Zé Rocha e outros. Dos onze vereadores em exercício, todos disputarão a reeleição.

Comentários no Facebook