A cidade de Gravatá passa à frente de outros municípios e é a primeira no estado de Pernambuco e revisa o Plano Plurianual, alinhando as ações municipais com os 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, propostos pela ONU.

O trabalho pioneiro vai ajudar a gestão a planejar as ações de todas as secretarias de forma a atingir as metas propostas no anexo II da Lei 3790 de 2018. Com o alinhamento do PPA ao ODS, a gestão municipal passa a ter 55 indicadores como metas que devem ser atingidas até o final de 2020, transformando de forma efetiva a qualidade dos serviços públicos ofertados à população.

A agenda mundial adotada pela cúpula das Nações Unidas sobre os ODS possui 17 objetivos e 169 metas para serem atingidas até 2030. Os temas estão divididos em quatro dimensões principais: Social, Ambiental, Econômico e Institucional.

O trabalho de Revisão do PPA e alinhamento aos ODS foi coordenado pelo Secretário de Planejamento, Joeides Pereira, que priorizou a transparência nas ações do governo, bem como a melhoria no monitoramento das ações propostas para a melhoria de indicadores sociais e econômicos.

“Quando há um planejamento eficaz podemos articular as ações de forma que cumpra com as metas estabelecidas e aprimore a qualidade nos serviços, de modo que atenda uma demanda maior e atinja mais o público” disse o secretário.

Gravatá Hoje

Comentários no Facebook