Entre os dias 27 e 31 de novembro, Gravatá é sede para a 6ª Conferência Distrital de Saúde Indígena em Pernambuco. O Prefeito Joaquim Neto marcou presença no evento, reforçando o compromisso e apoio do município na luta pelos direitos igualitários para todos.

“O poder público e a sociedade precisam respeitar as diferenças. Durante estes 500 anos, não houve diálogo de fato com os indígenas. É preciso respeitar os costumes, a religiosidade e as tradições de cada povo. O respeito e o aprendizado devem estar presentes no modo de vida de cada ser humano, sem julgar, nem violar seus direitos, porque todos somos iguais”, disse o prefeito.

Com a temática “Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas: atenção diferenciada, vida e saúde nas comunidades indígenas”, a Conferência tem como objetivo debater e aprovar diretrizes para as políticas de saúde executadas nas aldeias.

A etapa nacional será realizada nos dias 27 a 31 de maio de 2019, onde será realizado um ponto de encontro para discussão e ampliação das ações de saúde indígena em todo o país. O evento é realizado pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), em conjunto com o Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Fotos: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Gravatá Hoje

Comentários no Facebook