MATADOURO PUBLICO DE GRAVATÁ FOI INTERDITADO, E O PODER EXECUTIVO NÃO DEU CONTINUIDADE ADMINISTRATIVA.

10612799_1379925072322058_4561398103721408012_n

Nas palavras do vereador Gustavo da Serraria, uma denúncia contra a falta de administração com respeito ao Matadouro Público de Gravatá, publicada em seu perfil na rede social:

“O Matadouro Publico de Gravatá está localizado na estrada do Ladrilho Sitio baraúna e foi interditado pelo Ministério Publico (MPPE) nesta sexta-feira (19\06). Trabalhadores, Marchantes, Criadores e Transportadores de animais estão impossibilitados de trabalhar, muitos dependem desta renda para sustento familiar

Através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Animal em 2013 a frente deste seguimento assumi a pasta como Secretário de Agricultura Rural e Animal,desde então encontrei o Matadouro e o Açougue Publico acobertados de uma Liminar provisória com o prazo de sessenta dias para regularização, Liminar essa que foi uma luta dos marchantes.

Em equipe conseguimos organizar o Matadouro Público de Gravatá no qual foi um dos poucos a possuir a licença de operação expedida pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) valida por doze meses,contando do dia 04 de setembro de 2013 a 04 de setembro de 2014, conforme cumprimento da Lei.

Desta forma arquivamos o processo do Matadouro e do Açougue Publico de Gravatá, onde poderíamos trabalhar tranquilamente dentro de todas as regularidades exigidas.

Para termos uma equipe com melhores condições de trabalho, fizemos à aquisição de uma nova pistola de dardo cativo, que insensibiliza o animal na hora da sangria, com a utilização desse aparelho a sangria era concretizada sem que o animal sentisse dor.

1

O nosso foco principal era a higienização, onde funcionários faziam uso de botas, roupas apropriadas, óculos protetores, capacetes entre outros materiais de proteção individual conforme exigência dos órgãos fiscalizadores, a nossa demanda de abate também beneficiava outros Municípios (Pombos\Chã Grande).

4

Além de termos feito escavação de três lagoas de decantação e a desobstrução da antiga lagoa, onde passa o rio, lagoa essa onde foi feito o processo de decantação com duas bombas fazendo a transposição da fossa para a lagoa e de uma lagoa para outra.

3 2

Toda limpeza na área interna e externa do Matadouro foi realizada.
Toda Carne recebia o selo de qualidade, antes de ser destinada ao comércio, neste período o Matadouro Publico de Gravatá se enquadrava às regras e exigências da CPRH, ADAGRO e outros órgãos que regularizavam e fiscalizam este trabalho.

O PODER EXECUTIVO NÃO DEU CONTINUIDADE COM O QUE FOI IMPLANTADO PARA MELHORIA ADMINISTRATIVA DO MATADOURO PÚBLICO DE GRAVATÁ.
HOJE A CLASSE QUE SOBREVIVE DESTA MÃO DE OBRA, SOFRE COM O OCORRIDO.
IREMOS EM BUSCA DE PROVIDÊNCIAS, E O MATADOURO PÚBLICO DE GRAVATÁ, IRÁ FUNCIONAR DEVIDAMENTE REGULARIZADO.”

Em contato com nossa Redação, Gustavo ressaltou: “Tenho que lutar por essa causa… Sei da necessidade dos marchantes.”

GS Matadouro

Fotos: Brasil Oline-Blog do Matuto-Arquivo pessoal Vereador Gustavo da Serraria

Comentários no Facebook