82c20f5f93“Uma eleição diferente, na qual o povo irá eleger quem já foi testado e aprovado, estando ou não no poder” Com essa tese, o marqueteiro político Marcelo Teixeira da Makplan (foto), define como será o resultado das eleições de outubro próximo. “Esta será uma eleição daqueles gestores aprovados pela cidade e que têm um elevado nível de conhecimento com a população”, afirma Marcelo. O pensamento de Teixeira está baseado em pesquisas realizadas em 11 capitais brasileiras, onde o DataFolha mostra gestores com percentuais amplamente favoráveis a reeleição ou de volta ao poder.

No Recife, por exemplo, Teixeira cita João Paulo (PT) que desponta com uma excelente pontuação nas pesquisas em um território dominado pelo PSB. Segundo Marcelo, isso se dá por que o recifense já conhece João Paulo, e dificilmente o eleitor irá apostar novamente no “inusitado”.

Em Caruaru, temos o caso de Tony Gel que lidera as pesquisas justamente pelos mesmos motivos, “O eleitor já testou e aprovou, além disso o eleitor quer alguém experiente e que lhe dê segurança”, afirma o marqueteiro.

Em Gravatá, a tese do marqueteiro cai como uma “luva”, onde o ex-prefeito e pré-candidato Joaquim Neto (PSDB) lidera com folga todas as pesquisas. Mesmo fora do poder por oito anos, as razões pelas quais o tucano lidera as pesquisas são inúmeras, foi prefeito por duas gestões, impulsionou o desenvolvimento de Gravatá, saiu do poder com cerca de 80% de aprovação, reelegendo inclusive o sucessor e domina como nenhum outro pretenso candidato o conhecimento do eleitor.

Além disso, a cidade vive um momento caótico desde que Neto saiu do poder, tudo que foi conquistado em suas gestões foi praticamente extinto. Ainda além, o motivo de Joaquim já ter sido testado e aprovado fazem com que o tucano já inicie a disputa muito à frente dos seus concorrentes. Dificilmente Gravatá irá votar em alguém para fazer experiência, o eleitor irá optar por alguém que já provou que faz, que já mostrou capacidade de gerir uma cidade, e nessa disputa o nome de Joaquim desponta com uma vantagem avassaladora.

 

Comentários no Facebook