Na noite desta quarta-feira, 12, mais um Ponto de Encontro com Joaquim Neto, foi realizado, agora no bairro Princesa de Gales.

Na oportunidade Joaquim falou das dificuldades que a prefeitura tem em realizar serviços no bairro, pela forma irregular que se encontram os imóveis, devido à má fé de um homem, conhecido como “Zé do Terreno”, que realizou vendas fraudulentas de lotes no bairro.

Fato esse conhecido pelos moradores, e que os impede de terem escrituras de seus imóveis.

Joaquim Neto ainda falou do projeto do Habite-se Especial, que ele está trazendo para ajudar aquela população a regularizar seus imóveis, valorizando as casas do Princesa de Gales. Bastando os moradores se organizarem para junto à prefeitura, conquistarem essa vitória.

O microfone foi aberto à populares, e um cidadão, que segundo informações de moradores, havia sido orientado pela oposição a questionar serviços, de maneira desordeira que afrontasse o prefeito. Após a afronta, o morador deu as costas à Joaquim, que pediu para que ele o escutasse.

Na fala, o prefeito mencionou as dificuldades de realizar obras na localidade, mas que mesmo assim pressionou a Celpe pela iluminação que hoje existe no bairro, realizou saneamento no início do seu mandato em 2017, em parceria com a Polícia Militar, aumentou o patrulhamento e as rondas nas imediações; inclusive os PMs presentes foram convidados a se pronunciar para atestar a veracidade do que se falava pelo prefeito Joaquim Neto, e confirmaram o aumento das rondas.

Estes fatos têm sido distorcidos pela oposição e vêm gerando dúvidas sobre a verdadeira política em Gravatá. Onde de um lado a autoridade da cidade vai para junto do povo e do outro, a oposição oportunista inventa mentiras para tentar atrapalhar a gestão.

Cientes da verdade, o prefeito e sua equipe já esqueceram os boatos mentirosos da oposição e continuam focados em ações e trabalho pelo bem do povo.

Afinal, mentira, tem perna curta! E a mentira da oposição, já está caindo antes criar pernas.

Comentários no Facebook