O domingo, 26 de julho foi dia de festa em Gravatá, quando se comemora o dia de Senhora Sant’Ana, Padroeira da cidade. Desde cedo as comemorações começaram e o ápice foi a tradicional Procissão, que este ano teve seu percurso alterado, saindo pontualmente às 16 horas da Igreja Nossa Senhora das Graças com destino à Matriz. Uma hora de caminhada e milhares de fiéis que lotaram as ruas e entoavam a peregrinação com orações e louvor. O andor que carregou a imagem de Sant’Ana e seu companheiro São Joaquim merece destaque. Posicionado na viatura da Guarda Municipal, estava também uma réplica fiel da Igreja da Matriz, um espetáculo bonito de se ver, feito pelas mãos de um gravataense.

Chegando à Praça da Matriz um grande palco estava montado onde foi celebrada a Santa Missa presidida pelo Bispo da Diocese de Caruaru, Dom Bernardino Marchió, o pároco de Gravatá, João Paulo Gomes, padres e seminaristas convidados. A festa da Padroeira de Gravatá teve início no dia 17 de julho com tema “Sant’Ana, ensina-nos a ser igreja viva”. Novenário, celebrações e missas solenes fizeram parte de toda a programação que contou com a presença de celebrantes vindos de outras cidades. A chuva fina e o friozinho foram apenas atrativos diante da grandiosidade que a festa teve, um verdadeiro momento de fé.

foto 1(2)O prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano ao lado de secretários e vereadores acompanhou a procissão e salientou a importância da religiosidade do povo gravataense, “A cidade de Gravatá é abençoada por ter um povo tão fiel e temente à Deus. Todos os anos faço questão de estar presente na procissão de nossa Padroeira, é um dos grandes momentos para renovarmos a nossa fé e nos aproximarmos de Deus”, disse o prefeito. A festa de Senhora Sant’Ana teve o apoio da Prefeitura de Gravatá através da Secretaria de Turismo, Guarda Municipal e Infraestrutura.

ABERTURA OFICIAL DA TORRE DA IGREJA – Após a missa, o Bispo ao lado do Padre João Paulo e do prefeito Bruno Martiniano descerraram a placa de abertura para visitação da Torre da Igreja, ela que tem mais de 40 metros de altura e abriga o acervo histórico da cidade, podendo ser visitada de sexta à domingo das 8 ao meio dia e das 14 às 18 horas.

QUERMESSE – Na praça a quermesse estava animada com show do grupo Centelha Divina e a venda de comidas e bebidas em prol da Igreja.

Texto – Adriana Bezerra

Fotos: NovoGN

Comentários no Facebook