Nesta quarta-feira (28), estudantes de toda a rede pública de ensino do estado de Pernambuco participaram da avaliação.
O Sistema de Avaliação da Educação de Pernambuco – (SAEPE) tem o objetivo de avaliar os níveis de proficiência de estudantes de todo o estado nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.
As provas em larga escala são aplicadas nas escolas públicas anualmente. Na rede municipal de ensino, são as turmas dos 2°, 5° e 9° anos do Ensino Fundamental que são avaliadas.
Em Gravatá, cerca de 2 mil estudantes da rede fizeram os exames que foram aplicadaos nos períodos da manhã e da tarde. A duração das provas foi de três horas para os estudantes do 2º ano e de duas horas e meia para os do 5º e 9º anos. Ao todo, 60 pessoas atuaram na aplicação das provas no município.
Simone Lira, a Diretora de Gestão Escolar, falou sobre a importância da prova em nossa cidade.
“Essa avaliação é muito importante para se reformular novas políticas públicas para as escolas, e, assim, vamos poder identificar as dificuldades nas instituições”, explicou.
Por conta desse evento, as escolas estavam completamente enfeitadas com mensagens de incentivo aos estudantes. Antes de responderem às questões, os alunos lancharam e houve momentos de interação, oração e mensagens de encorajamento.
“Nos preparamos durante uma semana para o exame com aulas complementares. Hoje, antes de iniciar a avaliação, tivemos um momento em grupo que foi muito relaxante para todos nós”, contou o estudante da rede municipal, Artur Felipe, do 9º ano da Escola Amenayde Farias.
Maria Vitória, outra estudante do 9° ano da mesma escola, disse que gostou da prova e que está feliz em ter participado e testado seus conhecimentos.
O SAEPE permite que haja um diagnóstico do ensino público e, através das informações obtidas, os municípios e estado têm como avaliar as dificuldades dos alunos e, assim, traçarem estratégias pedagógicas e políticas públicas para o melhoramento do desempenho escolar de suas instituições.

Gravatá Hoje

Comentários no Facebook