O radialista Jota Silva recebeu em seu programa, na manhã de Quinta-feira (18), pela Rádio Gravatá FM (92,3 MHz), o Comandante da 5ª CIPM Major Silvestre Dantas e o Comissário aposentado da Polícia Civil, Irnaldo Pedro.

O oficial da PM deu detalhes, em primeira mão, da operação policial que resultou na morte de um elemento acusado de matar um Sargento da Polícia Militar, durante ação criminosa que aconteceu em um coletivo da empresa Caruaruense, que seguia de Caruaru com destino a Gravatá na última Quarta-feira (17). Um segundo indivíduo também havia sido capturado e mais um ainda estaria foragido.

Sensibilizado com a morte do Sargento Romildo, que apesar de trabalhar em Caruaru residia em Gravatá, o Comissário Irnaldo mostrou indignação com as dificuldades enfrentadas pelos policiais brasileiros. Irnaldo também se mostrou insatisfação com os Direitos Humanos, órgão por ele apelidado de “direito desumano”.

O empresário Romério Holanda, da Água Mineral Estrela da Serra, participou do bate-papo e externou a indignação popular diante do cenário de violência que predomina no país. A redução da maioridade penal também esteve no foco da discussão.

O Diretor da Rádio Gravatá FM (92,3 MHz) não perdeu a oportunidade de alfinetar o Deputado Federal Tadeu Alencar (PSB), que votou contra a redução da maioridade penal para 16 anos, durante sessão no Congresso Nacional, ontem, em Brasília.

Antes, Tadeu também havia sido alvo de crítica do blogueiro e comentarista Ismael Alves, que sugeriu a renúncia do deputado, caso ele não estivesse pronto para defender os anseios da população brasileira.

DSC_1653 DSC_1675 DSC_1663 DSC_1660 DSC_1657

Comentários no Facebook