Procure e não deixe faltar.
Alimente-se do conhecimento
ainda que o marasmo, a maresia
e a preguiça lhe aprisione em casa.
A cidade está aberta aos caçadores
de tesouro cultural sedentos.
Desenvolva o hábito de garimpar o
que verdadeiramente tem uma profundidade e fuja da superficialidade do oba,oba que
emburrece e aborrece a identidade cultural de qualquer seguimento.
Receba,na cabeça, um tiro de conhecimento diário, mesmos que por apenas alguns minutos disponíveis do seu precioso tempo.
As oportunidades estão à sua disposição. Um prato cheio.
Seja bem feliz na viagem.

Comentários no Facebook