O ano letivo de 2019 está chegando e as escolas municipais estão se preparando para receber os alunos no dia 4 de fevereiro. A renovação das matrículas para os veteranos vem ocorrendo desde dezembro do ano passado. Os alunos novatos, tanto da zona urbana quanto da zona rural, podem se matricular nas próprias escolas ou na Secretaria de Educação entre os dias 7 e 19 de janeiro.

Durante o mês de dezembro, equipes da Secretaria de Educação realizaram as matrículas nas escolas da zona rural, com o auxílio de aparelho digital que tira fotos ¾ para facilitar o procedimento. O intuito foi fazer com que todas as crianças do campo fossem incluídas da Educação Básica. Até o dia 11 de janeiro, cerca de 990 alunos da zona rural tiveram suas matrículas e renovadas e efetuadas.

A Secretária de Educação, Íris Dias, falou sobre a importância de realizar as matrículas dentro do prazo.

“É necessário que os pais matriculem seus filhos o quanto antes, pois, assim, eles não correm o risco de perderem as vagas nas escolas desejadas. Além disso, quando as matrículas são realizadas logo cedo, a secretaria se planeja antecipadamente para garantir o material didático a todos os alunos, já no início do ano letivo,” explicou.

Inácia Maria, moradora do distrito de São Severino, matriculou seu filho mais novo na Escola Dom Ricardo de Castro Vilela, localizada na comunidade. Ela contou quais são as suas expectativas para o primeiro ano do seu filho na escola.

“Creio que será um ano com novidades para mim e para meu filho. É o primeiro ano dele na escola, e ele já está animado”.

Inácia já renovou a matrícula dos seus outros dois filhos, que estudam na área urbana.

As escolas da zona urbana contam com mais de 6.800 alunos matriculados, incluindo novatos e veteranos. As matrículas dos alunos veteranos da zona urbana foram realizadas entre os dias de 3 e 14 de dezembro de 2018.

Confira os documentos necessários para a realização da matrícula dos alunos novatos:

2 fotos ¾;

1 xerox do comprovante de residência;

1 xerox da certidão de nascimento do(a) aluno(a);

1 pasta pequena do aluno;

1 pasta pequena do aluno;

Declaração ou histórico escolar da escola que estudou;

Xerox do RG e CPF do pai e da mãe;

Número do NIS do aluno e da mãe;

Tipo sanguíneo;

Carteira de vacinação;

Cartão do SUS.

Gravatá Hoje

Comentários no Facebook