O Google planeja gastar mais de 1 bilhão de dólares numa
frota de satélites que serão usados ara oferecer serviço de
internet em partes do mundo que ainda não estão totalmente conectadas.

De acordo com pessoas próximas ao projeto, o Google usará 180 pequenos
satélites de alta capacidade que orbitarão em torno da erra em baixa altitude.
A equipe responsável será liderada por Greg Wyler, que criou a startup O3b Networks Ltda.,
e o Google está contratando engenheiros de empresas que trabalham com satélites, como a Space System/Loral LCC.
É o que afirma o Wall Street Journal.

Wyler está liderando um time que tem entre 10 a 20 pessoas e tem se reportado diretamente a Lerry Page.
O projeto custará entre 1 e 3 bilhões de dólares, a depender de como ele caminha e do tamanho das redes.
Numa fase posterior o número de satélites poderá dobrar.
Sem contar que a grande da internet tem vários outros projetos para cobrir o planeta com sinal de Wi-Fi.

Preço não é o problema para o Google.
Porque?
Bom, além do óbvio- o Google é podre de rico-, disponibilizar internet para lugares ainda não conectados
pode contribuir para abrir uma vastidão de novos mercados e o Google claramente quer que seus produtos e
serviços sejam a primeira opção para todas as pessoas do mundo. Todas mesmo. [ Wall Street Journal ]

Comentários no Facebook